CONTEÚDO –   CURSO DE CONCRETO ARMADO

Volume 3

 

 

1. CONSIDERAÇÕES SOBRE A ESTABILIDADE DOS PILARES

A equação diferencial de equilíbrio dos pilares. Condições de contorno. Solução da equação diferencial. Estabilidade dos pilares de concreto armado. Hipóteses básicas do dimensionamento.

2. DIMENSIONAMENTO À FLEXO-COMPRESSÃO NORMAL

Apresentação do problema. Seção retangular com armadura distribuída. Cálculo das tensões nas armaduras. Cálculo da resultante de compressão no concreto. Equações de equilíbrio. Cálculo da posição da linha neutra. Elaboração do programa computacional. Tabelas para dimensionamento. Exemplos de dimensionamento.

3. DIAGRAMAS DE INTERAÇÃO NA FLEXO-COMPRESSÃO NORMAL

O emprego de diagramas de interação. Obtenção dos diagramas de interação. Armadura teoricamente desnecessária. Fórmulas aproximadas de dimensionamento. Escolha da disposição das barras.

4. ANÁLISE DA FLEXO-COMPRESSÃO OBLÍQUA

Apresentação do problema. Equações de equilíbrio. Rotação do sistema de eixos. Cálculo das tensões nas barras da armadura. Determinação da parte da seção comprimida com o diagrama retangular. Verificação da capacidade resistente.

5. DIMENSIONAMENTO À FLEXO-COMPRESSÃO OBLÍQUA

O problema do dimensionamento. Determinação da inclinação da linha neutra. Cálculo da área de aço. Exemplos ilustrativos. Tabelas para dimensionamento de seções retangulares. Processos simplificados de dimensionamento.

6. CONSIDERAÇÕES SOBRE O CÁLCULO DE PILARES DE CONCRETO ARMADO

Introdução. Estruturas indeslocáveis. Determinação do índice de esbeltez. Classificação dos pilares quanto à esbeltez. Processos simplificados para a consideração dos efeitos de segunda ordem. Consideração da fluência do concreto. Efeitos de segunda ordem nos pilares-parede. Flambagem local das lâminas dos pilares-parede. Dimensionamento dos pilares paredes incluindo os efeitos da flambagem local. Imperfeições geométricas localizadas.

7. CÁLCULO DOS PILARES CONTRAVENTADOS

Introdução. Situações de projeto dos pilares. Situações de cálculo dos pilares. Exemplos de dimensionamento. Simplificações para os pilares contraventados dos edifícios.

8. DISPOSIÇÕES CONSTRUTIVAS

Considerações gerais. Dimensões mínimas das seções dos pilares. Armadura longitudinal. Armadura transversal. Cobrimento da armadura. Proteção contra a flambagem das barras. Emendas das barras. Desenho de armação dos pilares.

9. PILARES ESBELTOS

Introdução. Deslocamentos em barras esbeltas. Relação deformação-deslocamento. O princípio dos trabalhos virtuais. O método dos elementos finitos. Implementação computacional do método dos elementos finitos.

10. ANÁLISE DAS ESTRUTURAS DE CONTRAVENTAMENTO

Processo simplificado para repartição das forças horizontais. Imperfeições geométricas globais dos edifícios. Análise de pórticos através do modelo contínuo. Interação entre painéis de contraventamento. Processo rigoroso para repartição das forças horizontais.

APÊNDICES: Tabelas para dimensionamento à flexo-compressão normal. Tabelas para dimensionamento à flexo-compressão oblíqua

 

   Para ver algumas páginas do livro, clique no link abaixo com o botão direito do mouse e salve o arquivo no seu computador.

Salvar arquivo

 

Tamanho: 14,5cmx21cm

362 páginas

4a edição: Maio de 2014

ISBN 978-85-86717-16-1

 

 

Volume 1 - Volume 2 - Volume 4 - Autor - Comprar - Home